Apepi Fest, uma night com propósito! A alegria é revolucionária!

Engajamento festivo: a alegria como forma de resistência!

Festa para ‘recarregar a bateria’ de gente com alma inquieta, ativista e transformadora!

Seu ingresso aqui!

Salve a data! No dia 14 de Dezembro a Apepi fará uma grande festa! Um evento dedicado a todos que querem transformar para melhor suas vidas e a do coletivo. A APEPI FEST – Uma Night com Propósito – será no Espaço Cultural Olho da Rua, local que abriga iniciativas de resistência cultural, artistas engajados e novas formas de expressão.

Foto Gabriela Garcez

Vamos reunir ativistas e associados que já fazem parte da causa, mas também transbordar para “engrossar o caldo” do movimento. É para todos que querem recarregar as energias e renovar as esperanças para mais um ano de luta com propósito.

Muita música, dança, debates e assuntos que alimentam nosso engajamento, nosso entusiasmo e conexão com a alegria da vida. Programação: 🙂 😉
19h – Abertura da Festa com DJ Renato Jukebox
20h – Show ‘Cabaré Cru Cannábico’ com a Luli Reed + performances ativistas.
22h às 2h – +DJ pra dançar muuuitoooooo!

Pocket show ‘Cabaré Cru Cannábico’ com Luli Reed e performances ativistas!

Luli Reed/Foto Duharte Fotografia

Na programação o pocket show Cabaré Cru Cannábico com a cantora e atriz Luli Reed. A artista é conhecida pelo trabalho à frente do Bloco Cru no carnaval carioca e estará acompanhada do trio (Luiz Lopes na Guitarra, Léo Arruda na percussão e Rick Frainer na bateria)

No repertório, músicas que narram de forma  bem humorada e crítica a história do proibicionismo no Brasil, a resistência política e artistas que transformaram o paradigma musical, como Gilberto Gil, Bob Marley, Tim Maia, Cazuza, John Lennon, Planet Hemp e muito mais!

Nas carrapetas, o DJ Renato Jukebox  toca o melhor do rock, pop e MPB. Vamos de clássicos da boa música para dançar e colocar todo esse engajamento festivo para ir até o chão. 🙂

Conheça os convidados!

Coletivo feminista Helen Keller

Um grupo de mulheres com deficiência que atua na construção de uma agenda política na defesa dos direitos para as mulheres com deficiência. O nome do coletivo é uma homenagem a Helen Adams Keller, uma escritora, conferencista e ativista social norte-americana, com uma vida de incessante luta no movimento feminista e socialista, a primeira pessoa surdocega a conquistar um bacharelado.

Lione, poetisa, cantora, militante

 

Poeta, cantora, moradora de Bangu na zona oeste, já participou de vários slams pelo Rio de Janeiro afora. Atualmente se dedica a produção de seu primeiro EP. Aos 21 anos, Lione faz parte da cultura underground desde os 17. Militante, deixa sua ancestralidade exaltada sempre presente nas suas letras. Ela diz “Não faço rap, não faço trap. Faço Música. Essa é a marca que quero deixar pra todos que me escutam”.

 

 

 

Eduardo Faveret, médico e músico

Um médico músico ou um músico médico. A ordem dos fatores não altera. Eduardo Faveret é um homem de sorte, nasceu com os dons de cuidar, por meio da medicina, e o de alegrar, por meio da música, toca de tudo um pouco. A pulsante veia musical lhe acompanha desde muito jovem, toca de tudo um pouco, compôs sua primeira letra inspirado na musicalidade de Caetano Veloso em “Its a long way”. Como neurologista Faveret ficou conhecido por abraçar a causa do uso medicinal da cannabis em 2014 apoiando centenas de famílias e os movimentos sociais que lutam pela regulamentação do cultivo no Brasil. Como músico abalou os corações dos presentes na confraternização do II Seminario Internacional de Cannabis Medicinal realizado em junho de 2019 no Instituto Europeu de Design no Cassino da Urca.Todos cantamos juntos! Público, pesquisadores, pacientes. Teremos novamente essa palinha deliciosa na APEPI FEST!

DJ Renato Lima aka Renato Jukebox

Pista de dança incansável garantida ao som de Classic Rock e pop com o melhor de todas as décadas, 60,70,80,90, uma pitada de Soul e Disco Music e o melhor da Mpb. Renato é produtor de eventos da noite carioca desde 2003. Criador da festa/coletivo College Rock Party, atualmente atua como DJ residente das festas: Yellow Submarine (Mpb ee Rock),Bauhaus (Post Punk), Music Non Stop (Pop Rock) & College (Indie) no After Bar (Botafogo) e Smoke Lounge (Tijuca). Já discotecou na Casa da Matriz (Botafogo), Teatro Odisséia (Lapa), Cinemathéque (Botafogo), Pista 3 (Botafogo), Cine Lapa (Lapa), Bar do B (Laranjeiras), Cine Glória (Glória), Casa Rosa (Laranjeiras), Bola Preta (Centro), Fosfobox (Copacabana), Estudantina (Centro), Espaço Acústica (Centro)e por aí vai….

Paula Gondim, mulher, mãe, artista

 

Artista multifacetada , professora, mãe e filha. Em suas performances trabalha com o lúdico e criativo , através do estudo do corpo , traz ao espectador a psicodelia , liberdade imaginativa e muita emoção.

 

 

Luiza Breves, cantora, compositora e produtora cultural

Atualmente em seu primeiro trabalho autoral, apresenta canções como “Norte”, uma homenagem as mulheres de sua família; “Você não sabe” sua inspiração na música romântica; “Ah, se eu fosse você”, um samba para a saudade. Suas músicas refletem seu estilo doce e ao mesmo tempo forte. A música chega como uma forma de oração. Seu repertório, também abriga canções de artistas já consagrados como Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Fagner, Geraldo Azevedo, Gal Costa, Elis Regina, Maria Bathania, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Rita Lee e os Mutantes, Tom Zé, Chico Cezar, Dominguinho, Ney Matogrosso e Secos e Molhados, Cartola, Jobin, Vinicius de Morais, , Luiz Gonzaga,Gonzaguinha, Cassia Eller, Dona Ivone Lara, Marisa Monte, Tim Maia, Jorge Ben, entre outros grandes artistas que a influenciam e que representam as raízes da cultura popular brasileira.

Sobre o trio: Luli Reed e o Cabaré Cru Cannábico

Léo Arruda, percussão

Desde 2001 na bateria da Beija Flor de Nilópolis, campeão do carnaval carioca por diversas vezes. Desfilando também por algumas baterias de escolas como: Mocidade, Mangueira, Inocentes de Belford Roxo e Renascer de Jacarepaguá, onde foi diretor de bateria. Tocou nos blocos de rua como: Bloco Cru, Turbilhão Carioca, Me Esquece, Desliga da Justiça, Banda Bloco Oeste Rio. No mundo da musica acompanhou artistas como Roberto Carlos, Neguinho da Beija-Flor, Dudu Nobre, Scorpions, Rolling Stones, Orquestra Sinfônica do Rio
de Janeiro, Serjão Loroza,

 

 

Luiz Lopez, Guitarrista, compositor, cantor

Cantor e compositor carioca, além de guitarrista do Erasmo Carlos e também da banda A Cor do Som, Luiz Lopez segue com a Tour “Visceral” , seu segundo disco solo.

 

Luli Baratz Reed, cantora, atriz, produtora

Foto Gabriela Garcez

É mãe da Catarina,cantora, compositora e criadora do Bloco Cru que marcou a renovação do carnaval de rua do Rio de Janeiro com sua mistura de rock e batucada desde 2009. Formada em Produção Cultural na UFF, com pós-graduação na Uni-Rio, é especializada em gestão de projetos. Responsável pela produção de eventos, cursos e pelas mídias sociais da Apepi. Empreendedora cultural, foi sócia do Grupo Matriz,  atuou na superintendência de artes da Secretaria de Cultura do Estado, produziu projetos como o livro e exposição da História do Movimento Black Rio.

Informações: APEPI FEST – Uma Night com Propósito
Data: Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Horário: 19h (Show: 20h)
Local: Espaço Cultural Olho da Rua
Endereço: Rua Bambina, 6 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ
Ingressos via Sympla aqui!

EM BREVE AINDA MAIS CONVIDADOS!

Contato produção 😉 luiza@apepi.org

 

<3 Agradecimentos especiais <3 Izabel Bicudo, Diego Prudencio, Maria Julia Bressan

EnglishPortugueseSpanish