O Projeto

O Projeto Farmacannabis

FarmacannabisA Apepi em parceria com o Laboratório de Toxicologia  (LATox) da Faculdade de Farmácia da UFRJ lançaram em dezembro de 2016 um financiamento coletivo para equipar o laboratório, para que ele analisasse gratuitamente as concentrações de canabinóides como THC, THCA, CBD, CBDA e CBN nos medicamentos importados e também nos artesanais, produzidos pelas famílias brasileiras. Essa análise é fundamental para que as famílias avaliem e desenvolvam junto com médicos e cientistas um tratamento seguro e eficaz para os seus filhos. 

Esse projeto, que teve apoios de diversas outras associações de pacientes, como a ABRACANNABIS, a ABRACE e a LIGA CANABICA, conseguiu arrecadar R$80.000,00  superando sua meta e com mais de 800 pessoas apoiando. O laboratório já está funcionando e já temos diversos resultados das análises dos óleos. Foi feita uma parceria com o INCQS da Fiocruz, para verificar também contaminação microbiológica e contaminação por metais pesados.

O laboratório já tem um protocolo para o recebimento e análise dos óleos por pacientes. Seguindo os nossos princípios de ética e transparência, a prestação parcial das contas também já está disponível. Disponibilizamos também algumas publicações sobre os resultados.

Os resultados começam a aparecer, seja para orientar os pacientes a uma maior concentração, melhor forma de fazer o óleo e de sua padronização, seja para mostrar aos pacientes quais óleos importados não tem as concentrações de canabinóides de acordo com sua embalagem. Outros resultados ainda demorarão mais um pouco, como começar a entender melhor alguns efeitos relativos a canabinóides diferentes como CBDA, formas de armazenamento e validade. Enfim é um projeto que vai ajudar muito essa área, que apesar de sua importância ainda é carente de pesquisas.

É importante ressaltar que esse projeto só aconteceu porque mais de 800 pessoas apoiaram essa causa, agradecemos novamente a todos que apoiaram! Seguiremos trabalhando!