Audiência pública no Senado

Apepi na audiência pública do Senado

A Comissão de Direitos Humanos discutiu, em 09 de julho de 2019,  a cannabis medicinal em mais um projeto sobre sua regulamentação. Em mesas com opiniões favoráveis e contrárias ao uso da cannabis medicinal a Apepi se fez presente com a sua Coordenadora Margarete Brito. Também estiveram lá nomes importantes do movimento e de outras associações, como Leandro Ramires e Cidinha Carvalho e pessoas contrárias como Osmar Terra e Ronaldo Laranjeiras.

Margarete cobrou dos Senadores e deputados uma legislação sobre o tema ” se não a justiça vai legislar, vocês tem que cumprir o seu papel” e reforçou que a Cannabis medicinal não tem volta “Maconha medicinal simplesmente funciona”. Ela ainda exibiu um vídeo da campanha repense que mostra o uso para dores neuropáticas.

Outro destaque foi a fala sensibilizadora da senadora Mara Gabrilli que assumiu que usa  a cannabis e que o melhor resultado veio do artesanal, num depoimento emocionante, ela passou a credibilidade para seus pares.

A discussão começa a ganhar força não mais se deve ou não ser regulada, mas qual a regulamentação que deve ser feita! Esse é o nosso desejo. Já há provas e pacientes demais para se questionar sua eficácia. Precisamos Avançar! Não espere precisar para apoiar!A vida não Espera!

Os comentários estão desabilitados.

EnglishPortugueseSpanish